25 de jun de 2009

Jornalistas foram às ruas



No dia 24, quarta-feira, larguei de bike pro centro, eu já sabia que ao meio dia haveria manifestação pela cassação do diploma de jornalista.
Chego um bocadinho atrasada mas, há tempo de me engajar aos manifestantes concentrados na esquina democrática, no centro de Porto Alegre.
Faz frio e a tarde é cinzenta como são as figuras levantadas nos cartazes fotográficos dos juízes que mandaram cortar nossas cabeças. Mandaram como no filme de Alice em que a rainha mandava cortar as cabeças dos baralhos apenas por extrema crueldade, e a máxima do poderio, do autoritarismo completo, e porque não dizer surreal; como a alusão feita ao desenho de Lewis Carrol nessa atitude tomada para cassação dos nossos diplomas e conquistas profissionais de 40 anos a mais.

22 de jun de 2009

Circuito Adidas

Quiz me deitar cedo no sábado para chegar a tempo de correr domingo.
Bem capaz que eu pude! A culpada foi a TV e o cinema novamente.
Primeiro tive a honra e o privilégio de ver LOKI em pré-estréia no cine Arteplex. Esse músico 'Arnaldo Batista' tem uma importância para música brasileira que muitos ainda desconhecem. Convivi por mais de ano em sua residência, no bairro de Vl Mariana-SP, onde todas as tardes rolavam ensaios da Patrulha do Espaço, banda agora de meu ex-namorado que era o batera. Eu, como o próprio Arnaldo, sensíveis ao extremo que somos, passamos ambos por um período de inferno astral. Infelizmente!
Porisso, indico que vejam a esse belíssimo documentário, dirigido por Paulo Henrique Fontenelle que no final deste ano será exibido no Canal Brasil de TV. Tendo sido aclamado como melhor documentário em festival de cinema de São Paulo.
Achei essa homenagem mais que merecida. Digo que até meio tardia, pois vemos nessas gerações mais novas do meio um enorme desconhecimento. Esse cabeça dos Mutantes sempre será mais um Sobrevivente, e é com isso que me importo.
[Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco
Por eu ser feliz
Mais louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz]

E apesar, de ter saído mais tarde de casa para ver se correria paralelamente, não me animei por ter deitado tarde na véspera. Quando cheguei na Beira Rio, olhei a chegada de alguns. Existe aliás, uma senhora corredora, talvez se chame 'Maria' que, folcloricamente corre de chinelinhos sempre!
Ela termina sendo ovacionada, e não por ser a melhor mas, por ser guerreira.
Já que fui de bike peguei carona com uns dois ciclistas.
Fomos até Ipanema e nos sentamos lá, num belo café de frente para o calçadão.
Jogamos conversa fora, mas o local é bastante convidativo e serve muito bem. Fica ao lado da entrada para um restaurante de culinária japonesa.
Voltamos por um trajeto mais longo e com mais subidas, oque tornou o domingo quase completo. Depois foi olhar o Brasil jogar e bateu uma grande preguiça, como diria Macunaína.
Ah, o outro filme foi "Infidelidade", com o sempre maravilhoso Richard Gere!