9 de abr de 2011

Filme ou Livro?

Sai cedo para ver Malu de Bicicleta, mas abandonei meu livro de cabeceira "A Ciclista Solitária". Será que fiz boa escolha?
Neste sábado fui ao cinema e vi Malu de Bicicleta(2011) de Flavio Tambellini. Roteiro baseado no livro de Marcelo Rubens Paiva. Eu tinha lido na década de 80 o livro Feliz Ano Velho com o qual me identifiquei!

O filme brasileiro é a história de um empresário paulistano que viaja ao Rio para espairecer de uma recém separação amorosa. Lá ele conhece e se apaixona por Malu, justamente quando foi atropelado por ela na ciclovia do Leblon que margeia a faixa litorânea. Eles logo se envolvem e vivem um romance perfeito, que apenas é abalado devido a uma enigmática carta de amor que ele encontra por acaso.

Vi pouca coisa relativa ao uso da bike, mas só em dois momentos. Num deles, é quando o empresário passa uma semana num quiosque de água de coco esperando encontrar sua atropeladora e, ela surge toda romântica pedalando no mesmo local do acidente. Dai em diante, os dois se envolvem e nada de bike, só festas, viagens, trabalho, mudança e por ai vai. Até que ela vem morar com ele em Sampa, e logo, ganha outra bike para sair, mas pouco se vê ela a pedalar a nova bike.