26 de nov de 2010

Alguns eventos

E chegou o final da semana!
Ocorrem alguns eventos esportivos e de lazer, tanto na capital, como pelo interior e serra.
Destaco aqui quatro deles: Em Porto Alegre, hoje dia 26, saída do grupo de ciclistas pelo Massa Crítica, às 18:45h do Largo Zumbi dos Palmares; no sábado, dia 27 a entrega de premiação aos destaques em corrida de rua, às 16:00h, na Sogipa. Domingo tem a Final Estadual do Circuito SESC de Mini Maratona. A largada é às 9:30, da usina do gasômetro.
Na serra a 1a. Volta Ecociclística do Parque Estadual do Tainhas com saída às 9:00h da estrada do Passo do S, próximo às margens do rio Tainhas, em Jaquirana. Inscrições via email roque-santos@sema.rs.gov.br
Também vi que uma galera da ACZS marcou um pedal treino saindo de PoA rumo a Morungava.

23 de nov de 2010

As grandes cidades estão sendo repensadas


Chego em casa exausta, após um "dia mix" numa espécie de mistura, entre afazeres e treinos. Nos afazeres, a bike sempre está presente como modal de transporte. Já me habituei com os mesmos locais onde existem bicicletários e assim me facilita.

Muito embora hoje por exemplo: sai cedo para compromisso que envolvia horas dentro de um mesmo local. Era na região central, no Hotel Embaixador que fica na rua Jerônimo Coelho. Participei, mas apenas como jornalista, do debate do VI Seminário Mobilidade Urbana e Inclusão Social que está acontecendo para os técnicos em transportes, entre os dias 22 a 24. São seminários que ocorrem em várias cidades do país e Mercosul, mas desde que tenham projetos sendo desenvolvidos no tema dos transportes, trânsito e desenvolvimento urbano.

Porto Alegre foi a capital que deu a arrancada nos encontros da rede de discussão sobre mobilidade urbana, sendo a coordenadora da Unidade Temática de Desenvolvimento da Rede Mercocidades. Neste ano recebe cidades como Caxias do Sul, Lima capital do Peru, São Bernardo do Campo e Diadema, ambas pertencentes ao grande ABC, em São Paulo.

O primeiro palestrante foi o secretário Francisco de Assis que iniciou relembrando que o desenvolvimento e o crescimento, há cerca de 100 anos atrás, veio para a cidade de Caxias, quando o meio de transporte ainda eram os trens. Ressaltou sobre a importância dos imigrantes que fizeram a segunda maior cidade do Estado - que tem em seu entorno cerca de 40 munícipios. Enfatizou o crescimento populacional e ampliação de empregos, principalmente na área de construção civil.

Mostrou esse desenvolvimento e crescimento através dos gráficos do IBGE, em relação a porcentagens de crescimento no país. Dados sobre a quantidade de mortes que ocorrem no trânsito. E que Caxias não é diferente do resto do país. E que, apesar de estarem tentando implantar um sistema de desafogamento da região central da cidade, ainda há muito por fazer. E por fim, falou da questão de maior atenção, a da moradia e dos loteamentos que exigem estar com a regularização para que possam construir mais casas atendendo a demanda por moradia da população.

22 de nov de 2010

Oh, The humanity!


Ontem, foi dia de buscar assinaturas dos sempre dispostos gaúchos e gaúchas que se levantam, arranjam a cuia e todos badulaques e vão, para o parque Farroupilha. Eles simplesmente, passam manhãs inteirinhas e tardes, ali a espera de um papo legal; uma voltinha pelo artesanato do brique, ou mesmo uma manifestação mais engajada que tanto pode ser política, como social (ontem tinha uma galera de vermelho pedindo voto para uma das chapas da próxima eleição do Esporte Clube Internacional, que é em dezembro).

Eles estavam animadíssimos e pecorriam o parque, portando faixas coloridas e, trouxeram até, uma vaca no estilo Cowparede, com um detalhe muito cômico: um chapéuzinho vermelhinho estilo saci pererê!

Outro dia que eu passava de bike pela rua Santana, que é onde se encontra a sede dessa turma, três a quatro homens carregavam a tal mimosa para casa. Fui seguindo com o pedal e, rindo muito deles caminhando e cantando pela causa colorada. e a demosntração de união se fez presente enquanto nós ciclistas que estamos tentando mobilizar a galera do pedal para conseguir fazer com que as leis vigentes sejam colocadas em prática, em prol de nosso bem estar sejam cumpridas, estávamos curtindo mais fazer üm lazer". é sempre a mesma histórinha, uns se encolhem e não se engajam por questões de puro ócio, outros por questões de só menos importância, como disputazinhas por destaque de personalidades! Até que todos acordem a onda já voltou para o mar.

Infelizmente, nos falta ainda, muito de bom senso e de parceria neste meio. E se quiséssemos fazer como vemos o mass critical na China, onde milhares saem juntos nas ruas impedindo que os carros se prevaleçam do trânsito - que se torna, mais e mais caótico nas cidades a cada dia que passa. Para mim a "Inércia é o pior dos defeitos do ser humano".

A sentença “Oh, the humanity!” proferida por Herbert em meio a sua comoção acabou se tornando marcante. A frase foi reutilizada posteriormente de modo satírico em produções como Friends, The Simpsons, Wayne’s World e South Park, entre vários outros. Fonte: http://radiowebputzgrila.blogspot.com/

21 de nov de 2010

Na Redenção


Neste sábado, dia 20 de novembro corremos mais uma Rústica, no parque da Redenção, em Porto Alegre.Foi um circuito de 8km por dentro do parque, mas havia muita concentração de eventos para crianças e muito cuidado era necessário aos corredores.


O horário de largada era às 17:00hs, ao lado da sede da associação dos corredores masters. Como eu sempre sinto bastante calor achei mais adequado correr com o top, no qual prende-se o número que nos é dado e que na chegada é entregue aos organizadores da prova.

Foram quatro voltas, sendo que tive muito bom desempenho na primeira volta, mas a segunda e a terceira voltas foram as mais sofridas. Aquela que chamamos da última volta, vem com uma carga mais forte de adrenalina, pois nela tudo termina.