10 de dez de 2010

Novo modelo de ônibus


Será apresentado à população da capital um novo modelo de ônibus, ele é diferenciado por ter motor ecológico, 20 metros de comprimento e suporte para três bicicletas e é adaptado para deficientes físicos.

O BRT (Bus Rapid Transit) tem a proposta de transformar o sistema de transporte coletivo que anda tão estrangulado pela presença massiva de veículos particulares no trânsito cada vez mais caótico, na capital dos gaúchos.

O veículo irá circular pelas ruas da capital, mas não temos informações de qual linha ele fará. Na minha opinião ele deveria fazer o trajeto via aeroporto, pois para quem for em uma viagem aérea seria muito conveniente esse tipo de transporte. Acho que principalmente quando houver necessidade de um ciclista atleta ter que fazer uma prova mais distante; a locomoção para esses casos de viagens aéreas torna o custo para o ciclista muito alto. Eu mesma já viajei levando a bike e o stress para chegar no aeroporto é imenso.


Uma viagem que transportei a magrela junto foi a cidade de Santos/SP, para competir no Campeonato Paraolímpico Brasileiro. Tive que desmontar a bike que foi dentro de uma caixa de papelão. O custo mínimo de um taxi de onde moro ao aeroporto é R$30,00. Considerando a volta seriam R$ 60,00. Depois disso, optei por solicitar ao motorista do ônibus da linha T11 que abrisse a porta traseira e eu colocasse a bike atrás para depois que eu subisse e passasse a roleta pela frente e pagasse pudesse seguir. Fui a Santa Catarina assim desse modo e foi bem sofrido para mim sozinha!

Nós ciclistas vamos torcer para que o futuro governador Tarso Genro (que em um de seus governos na Prefeitura lançou a Cartilha do Ciclista) que agora sua equipe se sensibilize com mais essa questão, dentre tantas outras, como a retomada da ciclofaixa, conclusão das ciclovias, sinalização e fiscalização mais rígida do trânsito na capital.

7 de dez de 2010

John Lennon in Madison Square Garden / Mother


No sábado 4/12 assisti ao filme O Garoto de Liverpool, direção Sam Taylor-Wood e ao término do filme enquanto passava o letreiro uma música de John rvela-se para mim meu encontro com minha infância (que creio que nunca tive).Mother me identificou com um de meus maiores idolos de rock. Criado pela tia Mimi, John Lennon encontra no Rock´n roll, um lugar para expor seus dilemas e energia.
Sem palavras, só mesmo muitos sentimentos aflorando-se em minha pele!

5 de dez de 2010

1a. Corrida e Caminhada BIG


Pela manhã o tempo nublou e fez um chuvisco "prá molhar bobo". Não tive alternativa e nem escolha e pus o pé no caminho que era até a largada da prova de 10km da primeira corrida do BIG em Porto Alegre. Fiquei bem feliz com o valor da inscrição e com o material do kit que continham vários plásticos que os ciclistas utilizam em dias chuvosos. Eles consistem em vedar na borda o máximo possível para que em caso de aguaceiro os objetos que não possam molhar fiquem hermeticamente fechadinhos. Eureka...se chama saco zip, ou saquinhos ziplock!

Bem que refrescou com a chuvinha, pois mais tarde, bem quando me faltavam uns 3km para concluir, foi que o calor e o sol se fizeram presentes. Toquei ficha que o meu negócio é tentar sprintar o máximo que as forças me derem! Amo correr e amo mais a hora de ouvir a voz do apresentador se aproximar! É show passar o pórtico, mesmo não ficando em colocação invejavel.

Mas, desde o primeiro momento que chego nas tendas de atendimento, guarda-volumes e outras tantas montadas com tanto profissionalismo pela equipe, que pude de pronto notar a categoria do atendimento. Um rapaz do staff veio em minha direção, e já foi me pedindo a bike, para ser colocada dentro do espaço do guarda-volumes.
Excelente!
Sempre vou aos locais das provas com meu "transporte bicicleta", dae hoje, nem precisei me estressar em procurar um "cantinho" para deixá-la me esperando. Ela pode ficar juntinho com o capacete, com a mochilinha, com a garrafinha squeeze, com a bombinha e tudo mais.
Foi bem 10!

Li uma declaração que fez o diretor executivo da Corpore, Armando Santos onde destacou algumas novidades trazidas aos gaúchos. Entre elas, a moto madrinha, que leva o cronometro a frente dos participantes. E a Care 4You, equipe com 16 paramédicos treinados para prestarem todos os socorros necessários aos atletas. Armando Santos explica que, o grupo equipado inclusive com desfibrilador, acompanha a prova de bicicleta. Assim, é capaz de prestar o atendimento em até dois minutos.

A novidade agradou Paulo Silva, Diretor do Corpa, entidade que também ajudou na organização. Segundo ele, os paramédicos, treinados em Porto Alegre, passarão a atuar nos eventos do Corpa.

Presente na competição, o Gerente de Esportes da prefeitura elogiou a iniciativa das bicicletas “tudo ecologicamente correto”, e, ainda, a distribuição de protetor solar “muito importante nesta época do ano”.


Por fim, medalhinha no peito e correr pro abraço. Encontro no evento outro colega do ciclismo. Ele ficou empenhado com alguns furos no pneu de sua speed, enquanto ia para a corrida, mas para não perder a prova ele conseguiu entrar num lotação e chegou a tempo de correr. Quando o vi estava conversando e me aproximei, foi ai que me falou que estava com um pneu dianteiro no chão! O problema era que ele não tinha nem camara reserva, e nem kits conserto. Imediatamente o ajudei com meu material que sempre carrego junto quando saio pedalar. mas o furo insistia em aparecer novamente. Nisso, surgiu uma ajuda de outro ciclista que lhe vendeu uma camara nova.
E tudo certinho, enfim!
Fonte: www.corpore.org.br