20 de jan de 2010

Machucada

Imitando de longe a campeã brasileira, Jaqueline Mourão, fiz minha tentativa de mudar um pouco de modalidade esportiva.
Ela, que nos brindou com seu lindo desempenho nas competições de MTB categoria feminino, mostrou que mulher sabe sim pedalar, e muito bem obrigada!
Lá fora foi o nome que, tão bem nos representou pela primeira vez nas Olimpíadas. Ao mudar de modalidade por estar na Suíca, onde neva muito optou pelo novo esporte, o esqui cross-country e sua escolha, realmente foi muito positiva.
A atleta cansada, de tanto se machucar nos treinos fortes de bike, resolveu um dia debaixo de muita neve que a impedia de treinar, se lançar no esqui e dali endiante, tem só feito bonito. Nos representando brilhantemente, como agora em Vancouver 2010, no Canadá.
A bike para uns, é quase como que uma amante, mas quando se divide um apê pequeno com mais três bikes, dai é inevitavel dar encontrões nelas, estando paradas. Outro dia em mais um episódio de "Sem Destino", no canal multishow, às 22:30, as três gurias protagonistas do programa, gemiam e murmuravam sobre as pancadas e ferimentos que a bike nos faz nesse convívio nada amoroso nem tanto romântico.

19 de jan de 2010

Difusão de idéias

Me pergunto: porque em nossa cabeça, passa tanta coisa que, se faz pretensa em acontecer mas, nunca rola, nada mais que, nos esquecermos delas todas em segundos?

Cada dia vejo mais coisas, e talvez de tantas informações que me veem, elas fujam como um flash.

Sábado eu e um amigo querido tomávamos chimas ... e eu com histórias minhas, e outras de filmes que já vi, enquanto olhavámos para o céu, observamos um halo em torno do sol. Era como que um tipo de arco-íris só que, menos belo. Ele me explicou por uns instantes oque ocasiona esse fenômeno. São gotículas de gêlo que se formam e indicam que, logo mais vem chuva. E não foi que o céu desabou em PoA, por horas e horas. Voltei da rua para casa debaixo de aguaceiro e cheguei molhadinha de chuva. Porém, não perdi o bom humor, apesar de já ter tomado banhosinho, com direito a shampoo e creminho nos cabelos, e mais no corpinho todo!

Ao atracar em solo firme, o meu apê, me lembrei de tirar uma foto com a magrela pingando e postei a legenda assim: Não podemos se entregar pros homens de jeito nenhum, não tá morto quem peleia sob o céu azul, gaúcho macho protege e respeita a sua família.

Passei a mão na chave, abri minha porta e entrei.
Bati a porta e fui me aquecer com outro banho!
A metereologia inverteu tudo. Era para ter chovido, segundo a previsão no domingo e não no sábado de véspera. Dae no domingo, deu um bom pedal é claro. Tipo entre uns 120km, mais ou menos, e com ajudinha do tempo que naquele abafamento de calor soltava umas gotículas.

Na volta de Itapuã vimos uma ponte menor que a que caiu recentemente, no delta do jacuí. Estava toda cercada com fitas e impedindo o fluxo do trânsito local. Era a ponte sob o Arroio do Salso, na estrada Pires de Castro, bairro Restinga. Nós que éramos veículo pequenino, passamos tranquilamente pelo cantinho. Não nos depararámos anteriormente com esse trecho, pois fomos por outro caminho na ida.

Segundo informa a EPTC: 'Enquanto a ponte estiver em meia pista, o tráfego pode se tornar complicado. Por esse motivo, o desvio continua sinalizado'. A SMOV prosseguirá com os reparos para recuperação da ponte, que teve cedência de parte do asfalto no sentido Centro-bairro em decorrência das chuvas.