6 de jul de 2011

A identificação

Por muito muito tempo, tempos e tempos atrás eu achei realmente que me identificava com partidos de esquerda, movimentos feministas, terapias alternativas e para completar namorava homens carentes.

Mas a identificação que tive, e ainda tenho, é com o rock and roll. Por este motivo assisti no Dia Mundial do Rock um supimpa de um documentário sobre os Beatles, no canal GNT. E cada um dos quatro beatles era descrito em detalhes muito curiosos. Eu nunca tinha ouvido falar individualmente dos dois beatles menos famosos: Ringo Star e George Harrison (este eu sempre tive muita simpatia).

No documentário noto que ele era um tanto quanto discriminado em seu talento pelos outros dois superstars, John Lennon e Paul Mcartney. Apesar de sua genialidade como compositor, ele se dedicou a seguir o budismo, depois apareceram todos ao lado de um guru indu.

Ao ver a aparição e parceria de George com Ravi Shankar que tocava citara me recordei de meu primeiro concerto na época em que comecei a ouvir música loka.

Fui a um concerto de Ravi Shankar, no Teatro Municipal de São Paulo, na década de 70. e isso é que me trona mais próxima do que pudesse achar com a música dos beatles que amo e ouço até hoje quando me sentir mais feliz é só ouvir.

Nenhum comentário: