17 de set de 2011

A opção

Pelas manhãs de sábado opto por ver uma estréia no cinema.
É muito bom entrar no mundo através de um filme. Afora as incríveis identificações que surgem. Ruim mesmo é tu saber que sua vida vale sim um filme e, nunca ter tido a oportunidade de encontrar um roteirista interessado. Há dias em que minha rotina parece que é totalmente inusitada. Por exemplo, sempre vou a meus compromissos de bike. porisso vou destacar aqui os mais interessantes e que me ocorrerem agora.


Estou buscando trabalho dentro de minha área que é jornalismo, mas também já me garanti em outra, o magistério. Essa segunda opção cabe um capítulo a mais, já que o diploma de jornalismo no Brasil foi cassado aleatoriamente por uma meia dúzia de magistrados do STF, no paraíso da corrupção, "Brasília".

Mas, o assunto era a busca de trabalho e não vou me dispersar em outros assuntos, apesar de que eu consigo misturar bem!

Ano passado após ter enviado dezenas de Curriculuns ao grupo RBS, finalmente fui chamada para um teste de um cargo que não sei qual era, mas que a vaga era uma ou duas e era um cadastro reserva. eu não passei é claro! primeiro eu fui disputar a vaga com jovens estudantes na maioria e recém-formados. Chego na sede do RH que fica quaser na frente da cidade das bicicletas na rua marcílio dias e como estou de bike procuro esconder esse fato para não ser discriminada no teste. Infelizmente na frente da cidade das bicicletas não tem paraciclo e o jeito foi chegar o mais naturalmente possível portando o meu meio de trasnporteinusitado (para a grande maioria dos terrestres) e entrar vestidinha com calça leg, tênis, camiseta e mochila para me dirigir à recepcionista e avisar de meu comparecimento pontual.

Muito constrangida, pois noto os olhares dos candidatos para mim eu ainda pergunto a recepcionista se posso ir ao toalete? Lá dentro tento me maquiar melhor e prender o cabelo trocar de calça e de blusa e me sentir mais a altura dos outros concorrentes.

Confio totalmente em mim, mas o final da história não é bom, pois nunca recebi resposta qualquer da parte do grupo. Tomo folêgo e ligo para ouvir aquilo que já pressumia ser o retorno: você infelizmente não foi aprovada. Nào importa quantos nãos tu ouve na tua vida oque importa como diz SHREK:Só porque os outros te trataram mal a vida toda e te mostraram que você era uma pessoa má, isso não quer dizer que você é mal, mas oque realmente importa é oque você mesmo pensa de si próprio. Concluindo cada um está trabalhando o seu próprio caminho!

Nenhum comentário: