8 de mar de 2017

Libertar-se é possível?

Hoje é sábado. Porque hoje é sábado, e sábado é dia de passear, se divertir, sonhar, sorrir, sofrer, melhorar, ajudar, enfim, porque hoje ainda é sábado de calor, de verão, de sol com piscina, de vento no rosto andando de bike, de observar a vida na forma de amor aos bichos e a natureza que pouco a pouco se vê perdido na selva de pedra.

Aliás, este inicio de ano vi poucos de lugares diferentes que já tive chance de ir em anos anteriores para correr. Muitas corridas deixaram de acontecer neste inicio de ano devido ao carnaval cair no meio de fevereiro, como por exemplo a corrida da Sogipa em duas etapas, os jogos masters e seniors que aconteciam sempre aqui em Porto Alegre, no Sesc Campestre, mas não mais neste ano!

Sobre a primeira etapa do circuito de corridas Sesc, ela foi transferida de local muito em cima da hora e assim tornou-se uma dificuldade para mim, por exemplo. Por anos quem sediou esta etapa foi a cidade Osório que agora definitivamente passou a ser no litoral na cidade de Atlantida Sul.

No último dia 7 de fevereiro resolvi ir correr em Atlântida Sul nesta primeira etapa nos 10km, no evento http://www.sesc-rs.com.br/circuitodecorridas/etapas.htm, do qual consegui me classificar no terceiro lugar categoria, classificação esta que te dá a chance de disputar a última etapa no mes de dezembro, em geral sediado na capital, Porto Alegre.

Ela acontece sempre aos sábados pelo final da tarde. Paguei uma carona de um conhecido que ia até Tramandaí, que fica duas praias antes do local da prova. Passei o dia me esbaldando no mar, primeiro de Tramandaí e depois da própria praia de Atlantida Sul, já que almocei na outra praia e depois do almoço cheguei prá corrida que tinha previsão de entrega dos kits a partir das 18h, o que não ocorreu devido a um atraso da organização.

O sol estava abrasador!
Muitos atletas já estavam sentados embaixo de um toldo próximo a Estação Verão do Sesc que ficava na beira da praia. Este era o único local para se abrigar do calor.
Passados um tempo, alguns já estavam parecendo desanimados, por causa do atraso que não era previsto pela maioria. Enquanto isso, muitas pessoas iam chegando e quase não tinha cadeiras para se sentar e descansar com a bagagem, como no meu caso, que não tinha onde deixar, já que eu pretendia voltar ainda no sábado.

Mas ....

Nenhum comentário: