12 de ago de 2008

O bom filho à casa torna


Voltei depois de mais de 8 anos a minha terrinha da garoa.
E põe garoa!

Eu estive presente como participante de "primeira viagem" no Campeonato Brasileiro de Ciclismo Paraolímpico, neste sábado e domingo (dias 9 e 10), em Santos. Onde mais de 30 ciclistas de diversos estados deram exemplos de superação. A competição serviu como seletiva para provas em 2009, demonstração de que o ciclismo paraolímpico está crescendo.
O evento se realizou em volta do Complexo Rebouças, na ponta da praia, sob chuva persistente e contou no primeiro dia com as provas de contra-relógio individual.

Destaque para os dois atletas que representarão o País nas Paraolimpíadas de Beijing, em setembro, o catarinense Soelito Gohr (Scott/Marcondes Cesar/Fadenp/São José dos Campos) e o mineiro radicado em Santos, Flaviano de Carvalho (Memorial/Pref. Santos/Giant/ Nossa Caixa). Os dois garantiram os títulos em suas categorias, LC1 e LC3, respectivamente, e confirmaram que seguem para a China com chances de medalhas.

O Brasileiro Paraolímpico e o GP Paterlini Bike/Sundown ocorreram também no domingo, a partir das 8 horas, na Av. Pedro Lessa. Os ciclistas especiais foram os primeiros a competir, disputando os títulos de resistência. Logo depois, entraram em ação os atletas do Metropolitano. O catarinense Daniel Rogelin, da equipe Scott, atual campeão do Torneio de Verão, que está em Santos, acompanhando Soelito no Brasileiro Paraolímpico e aproveitou para prestigiar o evento, que presta homenagem ao ciclista de endurance, Júlio Paterlini que este ano completou pela segunda vez a Race Across America (RAAM), a mais dura competição esportiva do Mundo, nos Estados Unidos.

O Metropolitano é uma realização da Liga Santista de Ciclismo, com supervisão da Federação Paulista. Patrick Oyakaua, da Memorial/Pref. de Santos/Giant/Nossa Caixa, faturou na categoria open.
Com colaboração da Prefeitura de Santos/Semes o Brasileiro Paraolímpico é uma competição oficial da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Nenhum comentário: