17 de ago de 2008

Sobre as Escolhas na Vida


No fim de semana passado, em que voltei às minhas origens, na terra natal, amarguei um ligeiro mal estar físico que durou alguns dias!
Ufa!
Depois de muita canja de galinha que não faz mal a ninguém, recuperei-me.
Pelo que ainda vinha pela frente até foi pouco!
O tempo foi o principal vilão, no caso da previsão do tempo para mais dias chuvosos de inverno. coisa que nós tem já se tornado um hábito.

Inscrita há algum tempo no Audax 200km/2008 que se realizou neste sábado (16/8) em Viamão, terminei meu percurso juntamente com mais alguns audaxiosos, entre os quais destaco os meus conhecidos Gabriel, Rubens, Moema e Márcio.


Muitos preparos e reparos e mais perguntas e idas e vindas à lojas de bike a procura de reforços, finalmente tudo pronto. O horário de pular da cama foi bem cedo de madrugada porque de casa até até o local de largada são mais 19km. Meu parceiro de empreitada, o Gabriel me encontrou e seguimos pedalando até não muito longe, já que no horário que saímos muita gente também o fez. Sendo assim, logo nos alojaram numa formidável carona.

Dormir algumas poucas horas de sono foi necessidade primordial, mas é difícil diante de tamanha ansiedade. Assim chegamos ao local em Viamão, no colégio técnico ETA de onde partiríamos até o Parque Histórico Marechal Luís Osório em Osório, completando ali o PC 100. Na sexta-feira pela manhã fomos até o ETA pedalando, para reconhecimento do local de onde tentaríamos fazer a prova; mais tarde muitos ciclistas estariam se hospedando por ali.


Pedalava-se por diferentes estradas, como no ínicio pela RS040, seguindo pelas RSC 101 e RS 389 e um pequeno trecho da RS 030 entrando dentro do parque. Dali em diante a volta era a questão toda, pois mal deixamos o parque e a chuva nos pegou forte.

Parávamos ao longo da rodovia, pois era muita água. Bem diferente de quando estava me aproximando na chegada do PC, onde mesmo com pouco sol, uma fina chuva caiu por alguns trechos bem próximos causando a mim um certo bem estar.


Digo sobre "escolhas", pois tive forçosamente que abrir mão de participar no domingo da 6a. Etapa do Circuito Vale dos Sinos de Ciclismo em Taquara, o mesmo local em que me iniciei nas competições.

Com mais de 150 ciclistas participantes de uma das maiores provas organizadas do Estado do Rio Grande do Sul estamos aguardando o resultado oficial dos tempos de conclusão individuais.

Por fim, o domingo amanheceu sem chuva, mas ao longo da manhã a chuva que veio de mancinho tornou o dia muito acolhedor para se acompanhar os esportes nas Olímpiadas de Beijing.
Pela manhã desse domingo acompanhei a prova de ciclismo que consegui ver pela primeira vez. Eu não tinha como ir mais à Taquara, em função de ainda estar com todos meus utensílios de bike molhados da chuvarada de sábado, também não tinha carona com ninguém.

Mas nada comparado com a chuva de volta à finalização do audax onde cheguei a me deparar com raios em sequência. Quando fui forçada a parar num rstaurante em capivari do sul encontrei-me com mais alguns audaxiosos ciclistas que como eu buscavam um refúgio por alguns minutinhos. Eu me estendi um pouco mais porque todas minhas vestimentas ensoparam, e pior eram os calçados, o medo de perder aparelhos do tipo celular e mp4.

Nada mau que o carro de apoio estava em pontos importantes para nós e consegui entregar uma de minhas blusas para ser trazida ao ETA, onde depois de umas 2 horas chegamos todos, sem mais chuvarada intermitente. Os certificados estavam todos lá e também uma exposição dos gaúchos de santa cruz do sul que neste ano conseguiram completar na frança o maior de todos Audax: o Audax 1200.

Minha conclusão desse feito foi que podemos encontrar algumas pessoas muito diferentes em seus propósitos, mas ciclistas permanecendo unidos no mesmo fato de por algumas horas compartilhar a participação coletiva em favor do esporte.

Nenhum comentário: