3 de nov de 2009

Muito calor

Neste feriado de Finados, o que não faltou para quem ficou por Porto Alegre foram temperaturas altíssimas, beirando os 38 graus. Na estação medidora do Lami os termômetros registraram 34 graus.

Como eu já estava sem treinar estrada com a bike speed, tentei articular-me para houvesse um pedal neste sentido, aproveitando o feriado para quem como eu, ficou em PoA. Não foi muito difícil e encontrei três amigos que toparam a feita. Combinamos de cedinho encontrarmo-nos num posto de gasolina, próximo de todos já que, somos quase vizinhos.

Me atrasei um bocadito, porque ao sair de casa primeiro vislumbrei a maravilha que é um feriado na cidade que, fica a mercê do canto dos passarinhos e algumas avenidas ficam desertas. Ao sair para calçada, me deparo com um belo espécime de cão perdido, e muito bobo sem saber se ia ou ficava. Tento em vão chamá-lo para que saia rápido da zona, que é uma avenida de fluxo intenso em dias de semana. Percebo que, não posso fazer nada, e me vou com os sentimentos em frangalhos. Que gente desumana poderia largar solto um cão labrador de pêlo vermelho, maravilhoso daqueles!

Sigo atrasadinha, e ainda vejo um maluco beleza que, sempre vagueia nas ruas pedindo coisas mas, que sempre vive cercado de cães. Ele agora virou ciclista com sua bike quebra galho. Peço a ele que vá encontrar o cão perdido, que está a alguns metros dali.
Sigo até os colegas ciclistas que, claro já mandam um deles, o mais afoito vir me encontrar!
Ufa! sobe que sobe pela Perimetral, pois vamos pegar a Free Way, rumo a cidade de Glorinha. São uns 40 km ida, e mais a volta e o percurso dentro da cidade, perfazendo os 100k.

Que beleza, fazia tempo mesmo! Consigo ficar meio junto deles na estrada mas, quando começam as entradas à direita, fico receosa de me acidentar e paro muito nelas, dando passagem aos veículos que vão entrar. Eu perco um certo tempo nisso, infelizmente!

Nossa ida é bate e volta. Só paramos quando chegamos lá, e nos reabastecemos para voltar que, agora o calor e a volta dos veículos pela estrada, começam a se intensificar. Sempre ficamos em pares, os mais furiosos no pedal ficam mantendo uma média mais constante entre os 27 a 30 km/h.

Nenhum comentário: