5 de dez de 2010

1a. Corrida e Caminhada BIG


Pela manhã o tempo nublou e fez um chuvisco "prá molhar bobo". Não tive alternativa e nem escolha e pus o pé no caminho que era até a largada da prova de 10km da primeira corrida do BIG em Porto Alegre. Fiquei bem feliz com o valor da inscrição e com o material do kit que continham vários plásticos que os ciclistas utilizam em dias chuvosos. Eles consistem em vedar na borda o máximo possível para que em caso de aguaceiro os objetos que não possam molhar fiquem hermeticamente fechadinhos. Eureka...se chama saco zip, ou saquinhos ziplock!

Bem que refrescou com a chuvinha, pois mais tarde, bem quando me faltavam uns 3km para concluir, foi que o calor e o sol se fizeram presentes. Toquei ficha que o meu negócio é tentar sprintar o máximo que as forças me derem! Amo correr e amo mais a hora de ouvir a voz do apresentador se aproximar! É show passar o pórtico, mesmo não ficando em colocação invejavel.

Mas, desde o primeiro momento que chego nas tendas de atendimento, guarda-volumes e outras tantas montadas com tanto profissionalismo pela equipe, que pude de pronto notar a categoria do atendimento. Um rapaz do staff veio em minha direção, e já foi me pedindo a bike, para ser colocada dentro do espaço do guarda-volumes.
Excelente!
Sempre vou aos locais das provas com meu "transporte bicicleta", dae hoje, nem precisei me estressar em procurar um "cantinho" para deixá-la me esperando. Ela pode ficar juntinho com o capacete, com a mochilinha, com a garrafinha squeeze, com a bombinha e tudo mais.
Foi bem 10!

Li uma declaração que fez o diretor executivo da Corpore, Armando Santos onde destacou algumas novidades trazidas aos gaúchos. Entre elas, a moto madrinha, que leva o cronometro a frente dos participantes. E a Care 4You, equipe com 16 paramédicos treinados para prestarem todos os socorros necessários aos atletas. Armando Santos explica que, o grupo equipado inclusive com desfibrilador, acompanha a prova de bicicleta. Assim, é capaz de prestar o atendimento em até dois minutos.

A novidade agradou Paulo Silva, Diretor do Corpa, entidade que também ajudou na organização. Segundo ele, os paramédicos, treinados em Porto Alegre, passarão a atuar nos eventos do Corpa.

Presente na competição, o Gerente de Esportes da prefeitura elogiou a iniciativa das bicicletas “tudo ecologicamente correto”, e, ainda, a distribuição de protetor solar “muito importante nesta época do ano”.


Por fim, medalhinha no peito e correr pro abraço. Encontro no evento outro colega do ciclismo. Ele ficou empenhado com alguns furos no pneu de sua speed, enquanto ia para a corrida, mas para não perder a prova ele conseguiu entrar num lotação e chegou a tempo de correr. Quando o vi estava conversando e me aproximei, foi ai que me falou que estava com um pneu dianteiro no chão! O problema era que ele não tinha nem camara reserva, e nem kits conserto. Imediatamente o ajudei com meu material que sempre carrego junto quando saio pedalar. mas o furo insistia em aparecer novamente. Nisso, surgiu uma ajuda de outro ciclista que lhe vendeu uma camara nova.
E tudo certinho, enfim!
Fonte: www.corpore.org.br

Nenhum comentário: