15 de jan de 2014

Vereadores fazem passeio de bicicleta para avaliar ciclovias



Destaque para a fala do Koptike:
"É uma guerra onde a pessoa tem que sobreviver, um passeio de bicicleta, ou a vir trabalhar, eu me senti obviamente inseguro, principalmente onde não tem ciclovia (eu coincidentemente moro muito pertinho do vereador, inclusive) to feliz por ter chegado vivo, estou aqui como um sobrevivente...por enquanto a cidade só tem paliativos." E a resposta do Capellari foi exatamente como eu esperava que fosse, ou seja aqui tem sido assim prá minha vida de quem veio de tão longe buscar qualidade de vida! Ouvir sempre igual os argumentos de quem está no poder e tendo diariamente voz nos meios de comunicação prá despejar nos meus ouvidos coisas como isso:
"num sistema de circulação como é Porto Alegre, cada um tem que se adaptar".

Não vou me Adaptar, me Adaptar.... a Porto, não tão Alegre assim, não! 

Nenhum comentário: