20 de jul de 2010

A minha saga no sul


Acho que é bem diferente com paulistanos que migram para fora de seu Estado. Vejo no programa "Afinando a língua", o Toni Belotto versa sobre como a vida de muita gente podia se transformar num livro. Foram tantas vezes que imaginei esse feito para oque tenho vivido na minha vida até aqui.

Escrevo e ao fundo ouço Natasha, da banda Capital Inicial. A minha história nunca poderia ser contada como fez Guimarães Rosa, em Grande Sertão Veredas ele que discorre longamente sobre fatos com o personagem Diadorim. "Donada", explica bem esse vai e vem que, tão bem faz o personagem. Todo dia me pergunto que foi mesmo que nos trouxe aqui afinal.

Pela ordem foi assim, tinha pouco capital e investiria em algo concreto, nada melhor que em uma casa. Assim o fiz, e foi pensando em trazer comigo uma das minhas paixões que são animais, e eu arranjei tudo para trazer dois grandes cães, um setter inglês e uma akita. Não sou lua, nem loba, mas corro com lobos, e ela, a cadela LUAR "Sempre a Meu Lado". Neste filme que conta com nínguem menos que o mega hiper lindo Richard Gere tem a história mais comovente da relação humana com os cães. Fala sobre a fidelidade, sobre a gratidão e amizade.

Nenhum comentário: